Competência, organização e confiabilidade



Cadastre-se
Preencha os campos abaixo e fique
informado sobre o lançamento de cursos.
Nome:
E-mail:
 
Notícias

2017-10-19

Advogado pode exercer outras atividades profissionais com vínculo empregatício

Não há nenhum impedimento para que o profissional advogado exerça outras atividades profissionais. Sob essa premissa, a 1ª Turma de Ética Profissional do TED da OAB/SP aprovou ementa na 605ª sessão acerca do direito constitucional ao livre exercício profissional.


De acordo com a ementa, em tese, é possível o exercício da advocacia com vínculo empregatício concomitante à atividade autônoma, desde que não haja cláusula de exclusividade no contrato de trabalho, bem como não haja infringência ao Código de Ética profissional.


A restrição que há, conforme a Turma, é relativa ao exercício da advocacia no mesmo local em que o causídico pratica outras atividades profissionais, “dada a necessidade de preservação do sigilo profissional, inviolabilidade do escritório, bem como evitar captação indevida de clientela”.



Também não pode o profissional advogado manter seu escritório em conjunto com profissionais de outras áreas.


Não é possível uma sociedade de advogados ter o mesmo endereço de uma empresa de consultoria e tampouco prestar serviços jurídicos para os clientes desta, sob pena de caracterizar infração ética, nos termos do disposto no artigo 34, inciso IV da lei nº 8.906/94.


O nome da sociedade de advogado deve obedecer ao disposto no artigo 16, §1º da Lei nº 8.906/94, motivo pelo qual não pode ter acréscimos sem relação com o nome e sobrenome dos advogados, seus integrantes.”


Fonte: http://www.migalhas.com.br/Quentes/17,MI263291,11049-Advogado+pode+exercer+outras+atividades+profissionais+com+vinculo


 
IPGM - Instituto de Pesquisa Gianelli Martins
www.ipgm.org.br

Endereço
Rua Lopo Gonçalves, 555
CEP 90.050-350
Porto Alegre, RS, Brasil

Mapa de
Localização

Telefone
+55 (51) 3519.5355


ipgm.atendimento
Redes Sociais